Teatro para lavar a alma

O dia a dia do trabalho… a rotina… as horas que somem entre os dedos… e os minutos e segundos que se vão levados pelas inundações das chuvas… a vida… a vida passa e nem nos damos conta.
Quantas vezes paramos pra sorrir? Para dar aquela gargalhada que “lava a alma”???
Cláudio Cunha & Rosi Venturini 
É… às vezes nem mesmo as férias, a cama ou o edredom são suficientes.
Mas o teatro, esse sim… O Grande e imponente TEATRO é a salvação.
Uma peça de teatro ajuda a descarregar as energias negativas e a repor as positivas.
Sério! É a medida da pedida certa.
Pode confiar.
Na última semana fui ver a peça que tem um personagem (o analista de Bagé), que há mais de 25 anos continua em cena… “O analista e a sexóloga de Bagé”.
Muitos risos. Gargalhadas de dar dor no abdômen e nas mandíbulas…
Uma série de velhas piadas numa nova roupagem. Valeu a pena.
Saí mais leve, mais de bem com a vida e comigo mesmo.
Quer começar bem a semana ou terminar em alto astral? Vá ao teatro!
Se você for de Campinas – SP, melhor ainda: Campanha pela Popularização do Teatro (d+). Ah… Quem mais saiu diferente após o teatro foi a MissCarolFiry… 
Estou no @FalaGuri ou no facebook

Um final de ano em família…

Sair de casa cedo. Ficar longe. Aprender com o mundo. Sentir o preço da liberdade. Ter conquistas e derrotas. Fazer novos amigos. Enfrentar desafios… longe da família parecem mais difíceis.

Alimentar diariamente o sonho de rever os pais e estar com a família todos os dias é algo que nos machuca, mas nos faz ser fortes.

Nessa virada de ano deixo em família um 2010 marcado por uma grande tristeza e uma alegria maior ainda, por um 2011 de expectativas.

Um 2010 que parecia tudo bem, até meu irmão sofrer um atropelamento, passar dias em coma na UTI, melhorar, ir para o quarto do hospital em observação e, mais longo dias e outros tantos longos e angustiantes dias de recuperação sob olhares desacreditados de médicos(1) irônicos, arrogantes e cínicos de Chapecó – SC, tanto quanto seu alto padrão de vida lhe pode conceder (em alguns casos, pois pelo caminho os bons ainda são destaques, como os de Caxambú do Sul – SC que atenderam antes e depois meu irmão – e claro de outras cidades do país e do mundo). 

Numa oração em família, entregamos nas mãos do Senhor Jesus nosso irmão e filho Juliano. Rezamos por um Milagre e Ele foi concedido. A recuperação foi perfeita, sequelas não ficaram mesmo após ter passado por traumatismo craniano, coágulos na cabeça, inchaço do cérebro, fratura exposta… Enfim, o Milagre nos foi concedido.

O Senhor Agiu com sua Mão Misericordiosa e devolveu a vida ao meu querido e amado irmão.
Fechamos 2010 com a benção Divina. Nada como a Ação do Senhor para nos fazer sentir o Dom da Vida se fortificar em nossos corações.

Alguns detalhes da recuperação do Juliano estão em andamento, mas nada como ter a vida de volta a pulsar nas veias e bater forte no coração de todos à sua volta.

E assim chegou 2011… reunidos em família para celebrar as graças alcançadas e pedir por um 2011 abençoado.

Em casa, com meus pais e irmãos, mesmo que por poucos dias, mas eu estava lá. E logo outros dias virão e outros dias passaremos juntos, enquanto de longe alimentamos a saudade.
Feliz 2011 a todos. Que seja uma no de graça e luz. Amém.

***
Obs: o caso do atendimento dos médicos de Chapecó – SC merece um capítulo a parte, que está em andamento com boas, ótimas informações do descaso e desrespeito que não é mencionado pela GRANDE/pequena Imprensa do Oeste Catarinense. Falar do ladrão de milho eles falam, mas dos médicos que não estão nem aí para as vidas das pessoas eles não são capazes.