Horas rápidas & Horas lentas

Já?
Já acabou o dia?
Algumas vezes quando nos damos conta o dia acabou.
Faltam horas.
Faltam minutos.
Não sobram nem segundos!
Parece que tudo corre, todos correm.
E o tempo não fica para trás, quer dizer, nos deixa para trás.
Porém, alguns momentos do dia o tempo pára!
Stop!!!
Sim, incrível não?
Reclamamos da falta de tempo:
“se tivesse uma hora a mais o dia eu daria conta”…
Pois bem, veja só como o tempo demora a passar quando mais queremos que ele corra:
  • dentro do elevador – em dobro de demora se você tiver apertado pra usar o banheiro;
  • para receber um aumento;
  • na presença de uma pessoa chata, sabe aquele chato da empresa? Com ele(a) o tempo não passa;
  • no consultório do dentista, aguardando ser chamado;
  • momentos embaraçosos: uma frase mal colocada, uma mulher encantadora, a pessoa especial…;
  • 11h47 à espera de sair pro almoço e não conseguir encerrar o trabalho;
  • 16h45 à sexta-feira;
  • segunda-feira no trabalho. Qualquer horário!;
  • Na fila do banco;