Quem disse que o Homem NÃO quer?

fabiano fachini e jessica carolinne candido

Entendi a proposta da autora Ruth no texto “A incrível geração de mulheres que foi criada para ser tudo o que um homem NÃO quer”, mas…

Em que lugar elas andam procurando Homens?… e digo Homem, literalmente, com “H” MAIÚSCULO?

Talvez a formação de alguns homens tenha sido diferente: dispostos a aceitá-las nas suas diversidades, nos sonhos ousados…

Talvez os homens tenham aprendido a cozinhar, lavar louça, cuidar da casa e tratar com amor e carinho as mulheres. Fique claro que isso não nos torna gays.

Mas e vocês, mulheres, estão dispostas a aceitar esse tipo de homem que não vai correr atrás de vocês?

Este Homem que vai aguardar também o convite para uma cerveja, futebol ou para dividir a conta?

O ponto, talvez, esteja mais em vocês, mulheres, que em nós, os culpados Homens.

Aceitem-se a si mesmas. Sejam a mudança.

O Homem não virá rastejando pelos seus passos, pois não está atrás de você; o homem não olhará para trás procurando por você, pois ele também não está à sua frente.

Olhe para o lado! O Homem estará ali, aguardando para compartilhar esta ideia de “sonhar” junto.

Valorize-se, mas não ao ponto de querer excluir os pobres mortais Homens.

Não há homem perfeito, e nem mulher.

Dividir. Compartilhar. Somar.

Dois.

Talvez sejam apenas ideias tolas, mas é um comentário sincero que compartilho com vocês mulheres.

(Na foto eu e minha noiva, Jessica. Te Amo)

Brasil x México: era pra ter feijoada

feijoadaEm jogo de Copa do Mundo tem que ter uma boa refeição pré-jogo ou pós-jogo. Isso é fato, e não só porque estou acima do peso.

Na abertura do mundial teve churrasco – no jogo Brasil 3 x 1 Croácia. E, modéstia parte, estava muito bom! No segundo jogo da Seleção brasileira a programação pedia feijoada (conforme crônica publicada neste blog).

Sim, queria ver uma bela exibição da seleção anfitriã contra o México. No entanto, não foi isso que aconteceu. Então:

– A feijoada foi cancelada!

“E agora José?”

Agora?! Agora a festa acabou. Cancelei o jantar. Os convidados foram pra casa. Devolvi no Mercado Municipal os ingredientes da feijoada. Chega!

Mas, para não ficar feio – ou chato com os convidados –, pelo menos a receita eu compartilho.

 

Feijoada à moda Guri

Passo 1 – ingredientes:

1 Kg de feijão preto

100 g de carne seca

70 g de orelha de porco

70 g de rabo de porco

70 g de pé de porco

100 g de costelinha de porco

50 g de lombo de porco

100 g de paio

150 g de linguiça portuguesa

 

Passo 2 – Tempero:

3 cebolas grandes picadinhas

1 maço de cebolinha verde picadinha

3 folhas de louro

6 dentes de alho

Pimenta do reino a gosto (só se curtir)

1 ou 2 laranjas

40 ml de pinga

Sal se precisar

 

Passo 3 – modo de preparo das carnes:

Coloque as carnes de molho na água por pelo menos 36 horas. É importante trocar a água várias vezes.

Depois coloque para cozinhar primeiramente as carnes duras, em seguida as carnes moles. Coloque um pouco de feijão preto nesta mesma panela das carnes, para dar aquela forte.

Quando as carnes estiverem no ponto, misture-as com o feijão já cozido (coloque o feijão para cozinhar em outra panela, ao mesmo tempo em que cozinha as carnes, para adiantar o processo)

 

Por fim, tempere o feijão com demais temperos e a carne da outra panela. Junte tudo em uma só.

Deixe tudo apurar no fogo por mais 20 minutos.

 

Passo 5 – Acompanhamentos:

Couve, arroz branco, laranja, bistecas, farofa, bacon, torresmo, linguiça e caldinho temperado.

 

Boa refeição e bom jogo!

Churrasco com a Croácia

dia da copaDia 12.06.2014.

Dia dos Namorados. Abertura da Copa do Mundo. Dia de Churrasco. Dia de vencer a Croácia. Dia de balançar as redes!

A 20ª Copa do Mundo começou. Arrepiou?

Um show de abertura triste, deprimente. Feio. Acima de tudo feio! Não sou artista plástico, nem coreógrafo ou dançarino. Não faço e nem organizo shows. Mas lembro de que na escola, às festas juninas ou dia das mães… nossa turma da 5ª série realizava apresentações bem melhores.

Não teve graça. Não foi bonito. Não empolgou. Não deu tesão!

Mas… nem tudo estava perdido, a não ser o esperado chute do projeto Andar de Novo, do neurocientista brasileiro Miguel Nicolelis, que apareceu na TV por apenas 2 segundos.

E aí fica a primeira lição da Copa do mundo no Brasil: “Não pisque!”.

 

“Ouviram do Ipiranga as margens plácidas

De um povo heróico o brado retumbante,

E o sol da liberdade, em raios fúlgidos,

Brilhou no céu da pátria nesse instante.

 

Se o penhor dessa igualdade

Conseguimos conquistar com braço forte,

Em teu seio, ó liberdade,

Desafia o nosso peito a própria morte!

 

Ó pátria amada,

Idolatrada,

Salve! Salve!

 

Brasil, um sonho intenso, um raio vívido

De amor e de esperança à terra desce,

Se em teu formoso céu, risonho e límpido,

A imagem do cruzeiro resplandece.

 

Gigante pela própria natureza,

És belo, és forte, impávido colosso,

E o teu futuro espelha essa grandeza.

 

Terra adorada,

Entre outras mil,

És tu, Brasil,

Ó pátria amada!

Dos filhos deste solo és mãe gentil,

Pátria amada,

Brasil! ”.

 

Aí sim, em!

Aí deu orgulho ver toda essa gente brasileira cantando o hino. Ver os jogadores, a torcida, os jornalistas e a família aqui em casa emocionada.

– Piiiiiiiiiiiiiii!!!

Começa o jogo. Brasil e Croácia na Arena Corinthians.

– Gooolll!

Do Brasil, mas para a Croácia. Marcelo decidiu “marcar primeiro”. Contra.

Em campo o Brasil foi melhor após empatar com o golaço de Neymar. A Croácia sentiu. Então, Neymar marca outro e depois é a vez do Oscar.

No Itaquerão, a abertura da Copa só teve gol dos donos da casa.

A Presidenta não ouviu o “grito do Ipiranga”, mas um sonoro “ei, Dilma, vai tomar no c…”. E sobrou ainda para o mandatário da Fifa, Joseph Blatter.

Fora do estádio, pelo país, muitas famílias e amigos reunidos torcendo pela Seleção em campo. Em alguns locais, as manifestações chamaram a atenção.

O dia 12 de junho de 2014 está no fim. Muitas histórias para contar e muitas para construirmos até o grande dia da final: 13 de junho, no Maracanã.

E nesta história de futebol, o churrasco já foi. Ainda falta a feijoada e o fondue da primeira fase.

“We did it!” – Conseguimos!

 

Leia MAIS:
Vai ter churrasco, feijoada, fondue e Copa do Mundo

Vai ter churrasco, feijoada, fondue e Copa do Mundo

futebol de rua - vai ter copaAqui em casa vai ter festa! Vamos ‘compartilhar’ e ‘curtir’ a Copa do Mundo. Nada de ‘cutucar’.

Não pense que vou chorar pela falta de educação; pelo caos no transporte público; pela inexistência do cuidado com a saúde pública; pela violência das ruas; pela política suja e desmoralizada; pelos de esquerda, de direita e os de centro que querem mudar nosso Brasil com tantas poucas e boas falácias… Já experimento disso todos os dias…

Eu vou torcer! Vou gritar “É GOLLL”!

Vou me dar o direito de tirar férias e ficar longe desse Gigante que acordou, ‘mijou’ e voltou a dormir.

Eu vou pra rua celebrar um tempo de festa, de amor, orgulho e um pouco do sentido de pertença por este país que ainda tenho.

Vou vestir a camisa do esporte, do futebol que tanto inspira jovens sonhadores deste país.

Que seja o “panis et circenses”.

Melhor: que seja o “futebol e samba”… churrasco, feijoada, fondue!