Estreia Os Cavaleiros do Zodíaco: A Lenda do Santuário 

Elevem seus cosmos ao máximo!

…é o que posso dizer!

É isso aí, pessoal! Finalmente chegou o tão esperado “Os Cavaleiros do Zodíaco: A Lenda do Santuário”.

O cosmo conspirou a nosso favor!

Para àqueles que cresceram, assim como eu, acompanhando as aventuras dos Cavaleiros de Bronze – e até se sentiram um deles –, este é o grande momento!

Vem coisa boa por aí, pode contar!

Os Cavaleiros do Zodíaco: A Lenda do Santuário

Curiosidades – e bem positivas:

  • este é o sexto filme de Os Cavaleiros do Zodíaco, e o primeiro de uma nova série nos cinemas;
  • o elenco original de dubladores conta com Nobuhiko Okamoto, Kenji Nojima, Kaito Ishikawa, Kenji Akabane e Kôichi Yamadera;
  • a versão brasileira do filme foi produzida na Dubrasil, estúdio responsável pela dublagem da série desde 2008;
  • o elenco original dos dubladores brasileiros foi mantido pela Dubrasil;
  • o roteiro é de Satoshi Suzuki;
  • Keichi Sato dirige;
  • Masami Kurumada, criador da série, é o supervisor criativo da produção;
  • “Os Cavaleiros do Zodíaco: A Lenda do Santuário” teve um orçamento de 4 bilhões de ienes –  em dólares são US$ 35 milhões;
  • são 20 anos de Cavaleiros do Zodíaco no Brasil!

 Os Cavaleiros do Zodíaco: A Lenda do Santuário cinema

Um pouco sobre do filme

Inicialmente chamado de “Saint Seiya – Knights of the Zodiac”, quem for ao cinema vai curtir uma misteriosa aventura.

Em uma remota era mitológica, haviam os defensores de Atena. Sempre que as forças do mal ameaçavam o mundo, eles apareciam.

Neste filme você vai acompanhar uma jovem chamada Saori que nos dias atuais começa a se preocupar com os misteriosos poderes que possui. Um dia Saori é salva por Seiya, Cavaleiro de Bronze, de um misterioso ataque.

Aos poucos a jovem menina começa a compreender melhor o seu destino e, ao lado dos Cavaleiros de Bronze – Seiya de Pégaso, Shiryu de Dragão, Hyoga de Cisne, Shun de Andrômeda – decidem se dirigir ao Santuário.

No Santuário eles enfrentarão uma batalha nada menos que épica com os mais poderosos dos 88 cavaleiros, os orgulhosos Cavaleiros de Ouro. Claro, não passariam imunes das armadilhas do Grande Mestre do Santuário.

Aí sim, em! Desafios, golpes, lutas, batalhas…

 

*Após estes dois vídeos, confira a linda imagem de divulgação do filme no Brasil 😉

 

Trailer

Com este treiler você vai querer muito ver esse filme!

 

Making Of Dubrasil

Sério! Muito sério. Após esse Making Of você vai querer ver DUAS vezes este filme!

 

#Partiu cinema

Os Cavaleiros do Zodíaco: A Lenda do Santuário - banner nacional

Anúncios

Sete filmes para o Brasil se recuperar. Ainda é possível vencer!

Em clima de Copa do Mundo, elenco sete filmes – não sete gols – que podem ajudar nossa Seleção Brasileira na recuperação para disputar o terceiro lugar daquela que chamamos de Copa das Copas.

Em ordem alfabética, para que não haja discussões sobre o melhor gol, digo, o melhor filme:

  • A Menina de Ouro
  • Couch Carter
  • Desafiando Gigantes
  • Duelo de Titãs
  • Invictus
  • Rocky Balboa
  • Somos Marshall

O motivacional do grupo está arregaçado – um dia já foi abalado. Então, um pouco de cinema pode recuperar a autoestima. Por isso, um pouco mais sobre os filmes e suas mensagens motivacionais:

A menina de ouroA Menina de Ouro – com uma lição simples e direta para nossa seleção brasileira do esporte mais amado no país: “antes de tudo, se proteja”.

– Recado dado?

 

coach carterCouch Carter – nosso “professor” precisa implantar um pouco mais do treinador apresentado neste filme. Ele impõe um rígido regime, em que os alunos interessados em participar do time devem assinar um contrato que incluí um comportamento respeitoso, modo adequado de se vestir e ter boas notas em todas as matérias. A resistência inicial dos jovens acaba e o time sob o comando de Carter vai se tornando imbatível.

– Isso diz alguma coisa, meninos?

Desafiando GigantesDesafiando Gigantes – mostra um técnico que em seis anos nunca conseguiu levar sua equipe ao título da temporada. Além do mau desempenho no trabalho, o “professor” deve enfrentar outros problemas graves em casa e seu estado psicológico e moral nunca esteve tão abatido. Quando tudo parece estar prestes a ir por água abaixo, uma intervenção misteriosa muda o seu destino…

– Afinal, nunca é demais pedir ajuda para Deus. Talvez seja a hora, pois Argentina e Alemanha estão na final, cada uma com um Papa ao seu lado.

duelo titasDuelo de Titãs – um técnico de futebol americano contratado para trabalhar no comando de um time universitário dividido pelo racismo, os Titans. Inicialmente sofre preconceitos raciais por parte dos demais técnicos e até mesmo de jogadores do seu time, mas aos poucos ele conquista o respeito de todos e torna-se um grande exemplo para o time e também para a pequena cidade em que vive.

– É hora de superar os preconceitos e criticas e se tornarem exemplos vitoriosos – de verdade.

invictusInvictus – o então eleito Mandela resolve usar o esporte para unir a população, e torce para que a equipe nacional seja campeã.

O Brasil está precisando de mais amor entre coxinhas e petralhas…

 

Rocky Balboa

Rocky Balboa – em uma luta muito disputada, Rocky acaba perdendo por pontos, mas liberta a sua fera escondida no “porão”.

– Liberta a fera, Brasil. Mais testosterona em campo!

 

Somos MarshallSomos Marshall – num trágico acidente de avião, praticamente o time de futebol inteiro e treinadores da Marshall University morrem. Depois o time, a universidade e a cidade se recuperam.

– Nós ainda não morremos. Só tivemos uma “pane” durante uma Copa toda. Vamos lutar!

 

Claro, outros filmes poderiam ser aqui listados, mas SETE tem sido um número interessante para nós brasileiros. O jeito é torcer e acreditar que nosso futebol ainda será o melhor do mundo.