Carta para a MELHOR MÃE DO MUNDO

Dia das Mães chegou. Dia de celebrar aquela que por nove meses nos carregou na barriga; por aproximadamente dois anos nos amamentou; e, que pela eternidade de nossos dias nos chamará de “bebê”.


Este é mais um ano que não passarei ao lado da minha mãe, Ivone, o Dia das Mães. As escolhas da vida, muitas vezes, nos fazem tomar decisões duras, que exigem fazer opções orientadas pela razão e não pelo coração.

Mas mesmo aqui de longe, algumas centenas de quilômetros e, duas dezenas de horas, celebro este dia.

É de joelhos prostrado. De mãos unidas. De olhos fechados. De coração apertado. De lágrima nos olhos que digo, numa singela oração:

“Obrigado meu Deus pela mãe que me destes. Obrigado meu Santo Anjo, pela mãe que me destes. Obrigado Senhor, pela família que me destes, fortalecida a cada dia pelas amorosas mãos de mamãe. Obrigado por nos manter unidos, sob os olhos de mamãe. Sou grato, Senhor, pela maravilhosa mãe que me destes. Perdoe-me, Senhor, pelas falhas diante de mamãe; pelas vezes que a faço chorar; pelas vezes que coloco em dúvida seu infinito amor por mim. Amém”.

Mãe, um beijo e um Feliz Dia das Mães.
De seu filhinho Fabiano.
OBS: como esta carta é “digital”, alguns detalhes favorecem o conteúdo, por isso acrescento duas músicas especiais: uma oração chamada “Pai Nosso da Mamãe” e outra do seu ídolo Roberto Carlos:

Anúncios

Carta de Dias das Mães

Hoje, domingo, dia 08 de maio de 2011, eu queria estar com minha mãe… lá em Santa Catarina.

Queria dar um abraço.
Um beijo.
E dizer “eu te amo”.

Sim mãe, EU TE AMO porque deu a vida para este seu filho.
É a luz e a união da nossa família.
É amor.
É paz.
É vida.
Vida gerada em teu ventre.

Lembrei de uma música, que tem uma letra linda para homenagear as mães.
Com meus amigos no colegial, 6ª série (se não me engano) apresentamos ela às mães na Igreja.
É de um cantor que quando pequeno ouvia lá na porta de casa, enquanto você cantava fazendo os trabalhos de dona de casa.

A música é Mãe, com Amado Batista. Lembra da Letra?

Mãe, tu és a conselheira dos meus passos.
A mais digna mulher dos meus abraços.
A dona do mais puro beijo meu.
Mãe, tu és o meu prazer na vida ou morte,
Pois me ensinaste a ter um braço forte,
E a construir a imagem do meu eu.
Mãe, tu tens em tuas mãos toda virtude.
Pois entregaste a tua juventude,
Pelo prazer de ter nome de mãe.
E eu, usei todas as palavras que disponho,
Mas na maior frase que a ti componho,
Existe algo ainda por dizer.
Mãe, tu és para a poesia uma meta.
A musa inspiradora de um poeta,
Que descobriu a fonte do amor.
Mãe, em ti eu vejo tudo que há em mim,
Por isso eu te digo que és enfim,
A imagem mais perfeita do que sou.
Mãe tu tens em tuas mãos uma virtude.
Pois entregaste a tua juventude,
Pelo prazer de ter nome de mãe.
E eu, usei todas as palavras que disponho,
Mas na maior frase que a ti componho.
Existe algo ainda por dizer

Depois dessa letra, só poderia deixar a canção de seu eterno e amado ídolo, o Rei Roberto Carlos: Lady Laura.

Feliz Dias das Mães, mãe.

Carta ao meu querido irmão pelo seu aniversário de 21 anos

Hoje estou FELIZ.
Você, meu querido irmão, Juliano Fachini, celebra 21 anos de vida.

Uma celebração Feliz. Uma celebração da Vida, do Milagre Divino.
Há um ano você estava na cama de um hospital, recém havia saído do coma.
Grandes amigos, família e momentos =)

Estávamos ao seu lado, o pai e eu. Combinamos de não falar nada do aniversário, pois você poderia ficar triste. Sabíamos que você aguardava uma festa, um bolo, um parabéns ao som de aplausos amigáveis e músicas animadas.

Durante o horário de visitas, a mãe, a Kati, os familiares e amigos entraram no quarto para vê-lo. Ninguém cantou e nem te deu os parabéns, apenas abraços e um “felicidades” sussurrado em pensamentos.
Ao anoitecer, sem lembrar, meu pai deixou escapar sobre seu aniversário. E você ouviu.
Quis os parabéns.
Queria que cantássemos.
Cantamos.
No quarto do hospital com você mal dando sinais de recuperação, cantamos baixinhos os parabéns. A música que nos fez chorar. Fez o pai lacrimejar mais uma vez nesses longos dias de sua recuperação.
Mas você queria mais.
– As enfermeiras? – perguntei.
 – SIM.
Você fazia sinal com a mão que era pra elas cantarem também. E elas cantaram conosco, baixinho, novamente os parabéns.
Depois pelo celular lembro que você falou, ouviu na verdade, mais algumas pessoas e assim teve uma singela festa de aniversário. E, como presente, alguns dias mais tarde a tão esperada “alta”, mesmo com longos dias e meses de recuperação em casa.
Mas era em casa. Tudo parecia mais fácil, apesar de trabalhoso.
Hoje, 10 de fevereiro de 2011, celebramos seu aniversário Juliano, com a maior alegria do mundo.
Sabemos que é um vencedor.
Batalhador.
Exemplo de superação, carinho e amor.
Amizade, compaixão e Luz.
Que neste 2011 Deus se manifeste em sua vida sempre que precisar, como no dia em que colocou a Mão sobre seu peito e lhe concedeu o Dom da Vida.
Te Amo Juliano, meu irmão e amigo do peito.
Parabéns!
Do seu irmão Fabiano Fachini.
10 de fevereiro de 2011

Carta à minha querida mãe: Hoje é sua formatura.

Parabéns!!!

Meus queridos e amados pais: Ivone e Leodir Fachini

Um dia de festa e alegria para toda nossa família.

Fico orgulhoso de poder contar para todos (em um espaço que o MUNDO pode ler) que tenho orgulho da minha mãe, que apesar dos empecilhos encontrados no caminho, não desistiu de estudar.

Queria estar em casa e poder participar desta festa. Queria te dar um abraço e desejar sucesso nas próximas etapas que vem pela frente: segundo grau, faculdade…

Mãe, você é um exemplo de vida. A melhor mãe do mundo. E olha que falo sério.

Lembro aqui do meu primeiro perfil que escrevi: DE VOLTA AOS BANCOS ESCOLARES, contando um pouco de sua trajetória no meu blog FalaGuri. Muitos amigos leram e enviaram parabéns. Com certeza você foi e é exemplo e inspiração para muitos estudantes, sejam eles crianças, jovens ou adultos.

Agora, deixo os parabéns por mais esta etapa vencida. Por mais este sonho alcançado.

E claro, não esqueço de comentar o estado de alegria que deve estar minha irmã Katiane, ao se formar junto com a mãe na 8 série… deve ser um momento especial. Eu ficaria honradíssimo no lugar dela. Que inveja!!!

Parabéns maninha pra você também.

Bom, agora deixo o discurso que você passou para seu colega de classe ler hoje a noite.
Ahh… parabens por concluir esta etapa dos estudos aos 48 aninhos, muito jovem ainda. Sempre é tempo, tempo de estudar.

Mensagem de Formatura


“Quando amamos e acreditamos do fundo de nossa alma em algo, nos sentimos mais fortes que o mundo, e somos tomados de uma serenidade que vem da certeza de que nada poderá vencer a nossa fé. Esta força estranha faz com que sempre tomemos a decisão certa, na hora exata e, assim, quando atingimos nossos objetivos, ficamos surpresos com nossa própria capacidade.
É assim que nos sentimos nesse momento: Vencedores.
Estudar aos 30, 40, 50… menos ou mais anos de vida, de experiência, não é fácil. Mas é compensador.
Compartilhamos dessa alegria com todos:
Com nossa família, sempre ao nosso lado;
Com nossos filhos, que nos ajudaram nos deveres de casa;
Com nossos amigos, que partilharam ideias;
Com nossos colegas de classe, agora, também amigos, que foram a base para vencermos as dificuldades juntos;
Com nossos professores, que nos auxiliaram e compartilharam de seus conhecimentos para nossa formação.
Agradecemos também a Deus, nosso grande guia e mestre.
E um recado que podemos deixar é de que “sempre é tempo para estudar”.
Amigos da turma: “foi o talento, a força de vontade e a persistência de cada um trouxeram vocês até aqui”.
Muito obrigado.
Parabéns! Felicidades e sucesso a todos!”